29 maio, 2007

Livro do Mês de Junho

Responde correctamente
e ganha um prémio!

1- Onde morava o rato desta história?
2- Como é que o rei castigava o
bibliotecário?


3- Transcreve o que estava escrito no
mata-borrão encontrado no sótão.

23 maio, 2007

Imaginação à Solta!...


O livro do mês de Maio

Encontra um fim diferente para a história que acabaste de ler.

Utiliza o espaço
"Comentário"
para
publicá-la.
Diverte-te e torna-te um escritor(a) conhecido(a)!!!!!

22 maio, 2007

Anedotas e Companhia




Sabem o que faz um pássaro de duas toneladas em cima de uma árvore?PIU PIUUUUUUUUUU !!!





Sabem porque é que os moinhos têm janelas redondas?Para não entrarem bestas quadradas.

Catarina 9ºE







15 maio, 2007

Cartão Vermelho à Violência - Sessões de Esclarecimento na BE/CRE

Os alunos do 2º e 3ºciclos
participaram de forma activa
nas duas sessões de esclarecimento
sobre a violência, no Dia Mundial
da Família.





09 maio, 2007

5ºA e 1º Ciclo na Biblioteca


5ºA
representa
Fábulas
para
o 1ºano
Nos dias 14 e 21 de Maio, os alunos do 5ºA vão convidar as turmas do 1ºano para assistirem à dramatização das fábulas que trabalharam em Língua Portuguesa e em Educação Musical.
Fotos da 1ª Representação - 7-5-07





EXPO EXPRESSÕES
Visita a exposição sobre Expressões Idiomáticas organizada pelos professores de Francês e de Educação Visual, responde ao desafio, escolhe a melhor e ganha um prémio.
Deixa a a tua resposta no "comentários",seguindo o exemplo:a-3.










Concurso Literário


Concurso Literário

Poemas dos alunos vencedores do concurso literário organizado pelos professores de Língua Portuguesa.


Sou Poeta

“ Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Nem sou alegre nem triste
Sou poeta. “

Ao anoitecer em baixo da janela
Rimo estrofes e versos
Tudo isso só para ela.


“ Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Nem sou alegre nem triste
Sou poeta. “

Em cada mil existe um igual a mim
Sou poeta das noites escuras
Cada palavra, cada verso, cada estrofe
Sou sensível como um alecrim.

“ Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Nem sou alegre nem triste
Sou poeta. “


Dedico-me só a isso, podem imaginar
Algumas pessoas acreditam, outras nem por isso
Só a gozar e a brincar.

“ Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Nem sou alegre nem triste
Sou poeta. “


O que me inspira é o amor
Tiro a força do sol
Da lua e das estrelas
Baralhando-me como um caracol

“ Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Nem sou alegre nem triste
Sou poeta. “


Para terminar,
Já logo vou acabar
Foi aqui nestas estrofes
Que acabei de me expressar.

“ Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Nem sou alegre nem triste
Sou poeta. “


Hugo Souza ( nº 13, 7º A )


“ Há palavras que nos beijam
como se tivessem boca “
e os amores que nos deixam
para andarem à solta.



Sinto o amor a chegar
E o tempo a passar
Talvez seja tempo de mudar
usar palavras para concretizar
o amor que sinto no meu coração.

Talvez tudo tenha sido em vão.

E, agora, pergunto, porquê esta emoção?
Será amor ou solidão?


Por vezes não sei o que sentir
Mas fico feliz quando te vejo sorrir.

Marina Reis ( nº 15, 9º A )














03 maio, 2007

http://be-eliasgarcia.blogspot.com/

Procura estes CD-ROMs na tua BE/CRE.






Muitas Novidades na BE/CRE




Temos muitas Novidades!!!


Vem descobri-las...Ler é Saber...

Concurso: Livro do Mês

Responde às perguntas e ganha um livro.



1. Que tipo de vampiro é Iori?

2. O que fez o sangue do Dragão Negro às mãos de Jonathan?

3. Como é a vida, de dia, nas ruas de Badajoz?